Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

domingo, setembro 10, 2017

Mulher ao mar...!
[2º de 5 posts]


Nestes dias de início de Setembro, por aqui, já não há muita gente. As tardes são longas, tranquilas, a temperatura amena. Para a tardinha, levanta-se uma aragem forte, arrefece. 

Os jovens que estão de guarda à praia já não têm muito que fazer. Conversam, riem, brincam. Dois rapazes e uma rapariga. Gosto de vê-los. A amizade que parece uni-los torna-lhes, certamente, em prazer aquelas horas de fim de verão.

As brincadeiras por vezes passam das palavras aos actos. Correm, riem, seguram-se. Eles unem-se para a atirar ao mar. Ela luta, resiste. Mas depois, vendo que não conseguirá, despe o casaco e rende-se.








Doces memórias serão guardadas para mais tarde as recordarem. Entre sorrisos. 

Saberão eles que os vi, jovens e felizes, brincando neste início de Setembro? Saberão eles que a sua alegria e os seus risos habitam agora este meu espaço que é o espaço de todos quantos o visitam? 

Gostava que soubessem e que ficassem contentes de se saber aqui, eternamente felizes.

...................