O Blogue da moda: actualidade, artes, literatura, jardinagem, família e muitas outras coisas

O Blogue da moda: actualidade, artes, literatura, jardinagem, família e muitas outras coisas

quinta-feira, Novembro 29, 2012

O extraordinário e imprevisto Calendário Pirelli 2013 - Steve McCurry fotografa mulheres especiais no Rio. Mostro-vos o Making Of. Vendo este 'behind the scenes' percebemos melhor o valor destes calendários.


Há bocado escrevi um texto em que mostrei a minha arrelia perante a estupidez do OE 2013 e perante os erros de raciocínio de Passos Coelho, amplamente demonstrados na entrevista concedida a Judite de Sousa e José Alberto Carvalho, na TVI. Mas isso é no post a seguir a este.

Agora quero falar de outra coisa bem mais agradável.

Desde 1964 que a Pirelli resolveu emitir anualmente um calendário de prestígio para oferecer a clientes ou personalidades importantes. Para isso convida fotógrafos de renome, frequentemente fotógrafos de moda, e as mais conceituadas modelos femininos.

Por razões económicas suspendeu esta iniciativa entre 1975 e 1983. A partir de 1984 o Calendário Pirelli voltou e, desde então, tem somado edições de grande qualidade. 

Trata-se de um calendário de mulheres (ou melhor, com mulheres), um calendário conhecido pelo seu glamour e pelos seus nus artísticos.

No Um Jeito Manso dei conta da edição de 2011 a cargo de Karl Lagerfeld e da edição de 2012 a cargo de Mario Sorrenti. Se tivesse tempo ia à procura do link para que pudessem clicar e ir lá parar directamente, mas já é tarde, fica para outro dia.

Este ano há uma evidente e inesperada mudança nas escolhas, o que só revela a vitalidade de quem gere a Pirelli e dinamiza esta iniciativa.

Este ano a escolha do fotógrafo é mesmo muito surpreendente e a mesma surpresa acontece em relação a algumas das fotografadas.

O fotógrafo é nem mais nem menos que Steve McCurry e as modelos são:  Isabeli Fontana, Petra Nemcova, Sonia Braga, Hanaa Ben Abdesslem, Liya Kebede, Adriana Lima, Summer Rayne Oakes, Kyleigh Kuhn, Marisa Monte, Karlie Kloss, Elisa Sednaoui.

E, se algumas são para nós desconhecidas, já o mesmo não poderemos dizer de Sonia Braga e Marisa Monte.

O local escolhido foi o Rio de Janeiro que, pelo que li e pelo pouco que vi, proporcionou cenários nunca vistos nos calendários Pirelli, cenários de rua, cenários belíssimos.

Para quem não conheça, digo-vos que Steve McCurry não é um fotógrafo qualquer.

É americano, tem 62 anos, e é o autor de uma das fotografias mais conhecidas de todos os tempos, a menina do Afeganistão, a menina de grandes olhos verdes, Sharbat Gula, que apareceu na capa da revista National Geographic em 1985.

Steve McCurry não é, pois, conhecido por ser um fotógrafo de moda mas sim por ser um extraordinário fotojornalista.



Sharbat Gula por Steve McCurry



O blogue de Steve McCurry merece uma visita. Vê-lo é percorrer o mundo. Para quem sinta necessidade de sair das estreitas fronteiras do pensamento quotidiano e entrar nos vastos espaços reservados a quem sabe voar, não há melhor. Este blogue faz parte da galeria de Um Jeito Manso onde dá pelo nome de 'Let's fly'.

Pois bem, é este fotógrafo dos grandes espaços e das pessoas especiais que a Pirelli foi buscar para o Calendário Pirelli 2013. Para que possamos imaginar ver a maravilha que deve ser, aqui vos deixo o Making Of.

Um encantamento.





*

Caso queiram mas é saber sobre a entrevista do Passos Coelho na TVI, como vos disse acima, poderão descer já até ao post seguinte.

Mas, como sou uma descarada abusadora, convido-vos ainda a virem comigo até ao meu Ginjal e Lisboa. Hoje procurei os braços dos anjos que voam sobre as águas e sussurram o meu nome. Fui pela mão de Sophia e ao som de Froberger e, por isso, senti-me embalada.

*

E, por hoje, só quero ainda desejar-vos uma bela quinta feira.
Está frio mas não faz mal. Haja alegria que nos sentiremos mais quentinhos. 


10 comentários:

Bartolomeu disse...

Good woork

GL disse...

Um encantamento, sem dúvida.

Como digo no meu último post, são estes Homens que nos reconciliam como Deus.

Obrigada, cara Amiga, pela partilha.

Beijinho.

jrd disse...

Apenas posso imaginar a beleza e das imagens.
Durante alguns dias vai ser assim porque a net móvel está quase imóvel. não se move nem se comove.

Abraço

Isabel disse...

Muito bonito.
Já fui espreitar o blogue do Steve McCurry e já vou colocá-lo na minha lista de blogues. Grandes fotografias!
Bem gostava de ter um daqueles magnificos albuns, um calendário Pirelli 2013 com fotos do Steve McCurry.
Um beijinho

Anónimo disse...

Olá,

Tem o condão de me fazer revisitar o passado!

Procurei e encontrei a revista com a menina Sharbat, magnificamente fotografada pelo Steve McCurry.

Fui espreitar o blog dele e adorei as fotos e todos aqueles provérbios e citações sobre o caminhar.

Já sei onde é que vai buscar a sua inspiração, é às suas caminhadas.

Também gostei de saber que ele é do meu signo!

Mando-lhe (por mail) uma foto com a revista, alguns livros e 1 filme, cujos temas são o Afeganistão e o Caminhar.

'À boleia' vão também os livros da Luisa Ferreira e da Agustina, de que já lhe tinha falado.

Um beijinho, e um bom dia para si.

Antonieta

ps: não precisa responder, eu sei que tem uma vida super ocupada, aliás nem sei como consegue fazer tantas coisas!

Apenas quis partilhar isto consigo.

Um Jeito Manso disse...

Olá Bartolomeu,

Bons olhos o vejam. Espero que esteja tudo bem consigo, aí na sua serra de onde, de vez em quando, parte a voar.

Obrigada!

Um Jeito Manso disse...

Olá GL,

Muito obrigada. Sou admiradora da obra de Steve McCurry. Gosto muito de fotografia. Aliás, sempre que não estou a trabalhar, quando ando na rua ando de máquina. O mundo parece-me mais interessante quando o vejo através da lente (invocando o título do livro sobre a vida e obra de Leibovitz_).

Obrigada eu, pela vista e pelas palavras.

Um beijinho!

Um Jeito Manso disse...

Olá jrd,

sei bem o que é isso. Quando acedo através da rede móvel também abdico de vídeos e músicas pois não tenho paciência para ver a bolinha às voltas, quando pura e simplesmente aquilo não se vai abaixo.

O que espero é que esteja a aproveitar bem as lonjuras da cidade. Mais vale pouca net e muito ar puro do que o recíproco, não é?

Um abraço, jrd!

(PS: E não há por aí um cantinho em que, se se puser de esguelha, a coisa lá anda um pouco melhor...? Às vezes acontece isso.)

Um Jeito Manso disse...

Isabel, olá,

O que eu gostava de um dia poder acompanhar um fotógrafo como ele numa coisa destas... Ou o que gostaria de eu própria um dia tentar fazer uma coisa assim...

A fotografia é um fascínio, não é? Para si também é, que bem vejo lá no seu recanto.

Este fotógrafo é um fotógrafo excepcional. Abre-nos horizontes.

Um beijinho, Isabel.

Um Jeito Manso disse...

Olá Antonieta,

Gosto sempre muito de ler o que escreve e gosto de ver as fotografias que manda. Gosto imenso de falar sobre livros e do que gira à volta de livros.

E gosto de fotografia. Muito. Este fotógrafo é um homem fora do comum tal como são fora do comum aqueles que não reconhecem fronteiras, aqueles que gostam de pessoas. Grandes fotografias as que ele faz.

Eu durante muito tempo assinei a National Geographic. Tenho-as arquivadas, objectos preciosos. depois, já não sei porquê, suspendemos. Talvez não tivéssemos tempo. Debatemo-nos com uma tremenda falta de tempo. Aqui perde-se muito tempo no trânsito. No mínimo perdemos duas horas por dia.

Depois acabámos por nos esquecer. Ao escrever o texto ontem, lembrei-me de repensar se devemos retomar a assinatura. Os meus filhos adoravam. Se calhar foi na altura em que saíram de casa que suspendemos, não me lembro.

Gostei de ver os livros e o filme. Tem tantos... Identifico-me muito com esse amor pelos livros. Também tenho alguns filmes mas não tenho o mesmo amor por filmes do que por livros, talvez porque não são tão transportáveis e eu gosto de ler, parar, passar para outro, retomar, e com os filmes não dá jeito fazer isso.

Obrigada, Antonieta.

Um beijinho!